Livro indicado por Felipe Miranda explora as lições amargas deixadas pelas décadas de estagnação brasileira

Livro indicado por Felipe Miranda explora as lições amargas deixadas pelas décadas de estagnação brasileira

A pandemia impôs desafios para todo o mundo. Mas no Brasil, o ano de 2020 foi o equivalente a uma década perdida. Esta é a visão do economista Gustavo Franco, autor do recém lançado “Lições Amargas: Uma história provisória da atualidade”. O livro foi a indicação cultural do sócio-fundador da Empiricus, Felipe Miranda, no episódio 51 do podcast Puro Malte

“A lição amarga é que nada foi resolvido com a pandemia”, resumiu Franco em entrevista ao Estado de São Paulo. Seu novo título fala não dos problemas do Brasil ‒ que, como sabemos, são muitos e já foram amplamente explorados em outras publicações ‒ mas por que o país continua incapaz de enfrentá-los

O economista tece críticas contundentes às constantes reformas propostas que assumem um papel quase “mítico”: os brasileiros acreditam que as reformas vão resolver os problemas, mas a verdade é que elas acabam não resultando em verdadeiro desenvolvimento. “A nossa incapacidade de executar as reformas que efetivamente promovam prosperidade econômica só fez se acentuar com o tempo”, comentou o autor na entrevista. 

Para ele, o Brasil caminha para trás por conta de sua indecisão crônica e a pandemia só piorou este cenário. “Toda essa fase de reformas e consertos do Brasil era para já ter acabado, mas, não, continua a encrenca. Essa sensação de tempo desperdiçado, esticado, permite dizer que 2020 virou uma década perdida. E 2021 não começou ainda, vai começar em 2025”, disse Franco. 

Ex-presidente do Banco Central e integrante da equipe que formulou o Plano Real, Gustavo Franco fala de economia em uma linguagem amigável, como se conversasse com leitores de jornal e não com o público acadêmico. O autor passa por temas como taxas de juros, responsabilidade fiscal e comércio exterior e nos ajuda a entender por que o Brasil ainda não deslanchou, de fato. 

O livro faz uma reflexão sobre o Brasil do passado, do presente e do futuro e mostra que estes intermináveis anos de estagnação continuam trazendo “lições amargas” que nos impedem de ser o país que desejamos ser. 

Lições Amargas: Uma história provisória da atualidade”, publicado pela Editora Intrínseca, está disponível por R$ 49,90. Compre aqui. 

Saiba também as outras dicas culturais dos apresentadores do Puro Malte:

  • Filme “Luca”, disponível na Disney+. Indicação de Roberta Scrivano;
  • Série “O Método Kominsky”, disponível na Netflix. Indicação de Bia Nantes;
  • Documentário “All I Know So Far” sobre a vida da cantora Pink, disponível na Amazon Prime. Indicação de Bia Nantes;
  • Livro “Indignação”, de Philip Roth. Indicação de Rodolfo Amstalden;
  • Livro “O enigma do quarto 622”, de Joël Dicker. Indicação de Rodolfo Amstalden.  


Sobre o autor
Maria Eduarda Nogueira
Maria Eduarda Nogueira
Produtora de conteúdo na Empiricus. Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (USP), já trabalhou com assessoria de imprensa, turismo e mídias sociais.
Qual a perspectiva para economia em 2022? Veja o que fala Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central Saiba o que faltou para quem comprou Bitcoin e Magalu ter ficado milionário Além de comentarista, Arnaldo Cézar Coelho teve carreira no mercado financeiro Palavra do Estrategista e Empiricus Books (combo 2 x 1 ) Como a Empiricus faturou R$ 20 milhões em 7 dias com um PDF O que é ESG? E o porquê você deve investir nessas ações Quais as qualidades exigidas para os líderes do futuro? Participe de fórum online gratuito Por trás da ciência das primeiras impressões: conheça ‘Blink’, de Malcolm Gladwell Marketing digital está em alta- como receber salários de até R$ 60 mil na área Você poderia ter trocado R$100 por R$10.769 – essa é sua nova chance com cripto, uma gamecoin