“Efeito Halo”, de Phil Rosenzweig, com Renato Bakanovas

No Resenha Empiricus de hoje, Priscila Vieira recebe Renato Bakanovas para conversar sobre o livro “Efeito Halo”, de Phil Rosenzweig.

Começando com a citação “A diferença entre uma dama e uma vendedora de flores não é a forma como ela se comporta, mas sim como ela é tratada”, Priscila questiona Renato do por que dessa frase.

Bakanovas responde que o efeito Halo é a ideia de que as pessoas formam percepções baseadas no resultado de uma característica específica. A partir de um contexto geral positivo, você acaba tendo outras opiniões que não são necessariamente verdadeiras.

Em relações empresariais e gestão de negócios, a opinião de analistas e revistas especializadas são enviesadas pelo fato de que empresas já sucedidas financeiramente, tem sucesso também em outros ramos, por exemplo.

Então, Priscila pergunta como conseguimos ver o auto desempenho?

Renato diz que a ideia geral do livro é responder “o que leva empresas a serem bem sucedidas e outras não?”. Phil, autor do livro, se baseia em ideias pautadas nos ideais “talebianos” de que é preciso duvidar de tudo e ter um nível de ceticismo alto. Por isso, diz que é muito difícil definir o que leva a alta performance, é preciso analisar as empresas desviando dos vieses cognitivos que temos.

Priscila dá alguns exemplos de empresas citadas no livro: Wallmart, Lego e Cisco Systems e Renato comenta que a cada capítulo o autor detalhar a situação dentro do contexto das analises. Cisco System, por exemplo, no contexto da bolha da internet estava sendo apreciada pelo mercado. Do dia para a noite as ações da empresa despencaram e a partir daí a companhia passou a ser vista negativamente. Nessa situação vemos claramente que os mesmos argumentos usados para elogiar as empresas passam a ser vistos negativamente.

Por fim, Priscila pergunta como um analista, sozinho, vai analista uma empresa. No livro, Phil não mostra uma ferramenta especifica para chegar no efeito Halo, então, o que fazer?

E Bakanovas responde que o livro não acredita em fórmulas prontas, justamente para frisas que o mundo é complexo e que as relações empresariais, por exemplo, são muito mais significativas do que qualquer analista consegue e pode perceber. O mais interessante da leitura, em suas palavras, é ter em mente suas próprias limitações.

Para participar do sorteio do livro “Efeito Halo” deixe seu comentário aqui embaixo contando se já passaram por alguma situação desse efeito.

👉 Visite nosso site: https://www.empiricus.com.br/​

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS:

Instagram: http://instagram.com/empiricus​
Instagram Empiricus Books: http://instagram.com/empiricusbooks​
Facebook: http://www.facebook.com/empiricus​
Twitter: http://twitter.com/empiricus​
Telegram: https://t.me/empiricustelegram​

Não esqueça de 👉 se inscrever no nosso canal e ativar o 🔔 sininho de notificações para não perder nenhuma novidade.

Empiricus Books – Edição Inédita e Exclusiva no Brasil – Como ser um bom ancestral A commodity que já valorizou 120% e não pode ser substituída Google e Amazon podem ficar no passado? Azul (AZUL4) vai decolar na retomada? Carteiras da Empiricus rendem até 10,4% em maio Analista com uma das carteiras mais rentáveis do mercado prevê oportunidade de lucros exponenciais A ação fora do radar que pode decolar na bolsa de valores O que o tráfico de maconha tem a ver com investimentos? As melhores ações pagadoras de dividendos “Euforia econômica” na bolsa brasileira pode trazer lucros exponenciais