Risco de bolha?

Stephen Schwarzman, CEO da Blackstone,

 recomenda cautela ao investir em techs

Se eu precisasse chamar alguém para me auxiliar com private equity, com certeza essa pessoa seria Stephen Schwarzman.

O CEO da Blackstone se tornou um dos especialistas no assunto, na empresa que atualmente já está com US$ 684 bilhões sob gestão

Schwarzman foi um dos convidados do evento Investidor 3.0, onde conversou com Julia Wiltgen, repórter do Seu Dinheiro, sobre bolhas na tecnologia, a visão do Brasil e seu novo livro

Quando as pessoas começam a discutir valuations em termos de múltiplos de receita com muito pouca perspectiva de as empresas serem lucrativas algum dia, geralmente é um sinal de que esses negócios estão atingindo um topo.

-Stephen Schwarzman para o Investidor 3.0

"

"

Ele explica que as bolhas no setor de tecnologia exigem cautela: algumas empresas podem estar sobreavaliadas.

Ainda, esse efeito pode ser mais sentido nos IPOs.

Na conversa, Schwarzman ainda falou sobre o rali das bolsas americanas, que se iniciou no pós-crise de 2008.

Conforme explica, “árvores não crescem até o céu”. Logo, as taxas de juros devem desacelerar tal crescimento nos próximos anos, mas não miná-las.

O gestor falou também da visão do Brasil no mercado.

Stephen diz que nosso país não é considerado um ‘must have’ para investir. “Os principais países asiáticos têm recebido muito mais atenção dos investidores globais”, explica ele 

O novo livro do CEO da Blackstone, “What It Takes”, também foi recentemente lançado no Brasil.

Sob o selo da editora Intrínseca, “Como chegar lá - lições na busca pela excelência” faz parte do Empiricus Books, clube do livro da Empiricus

É tão fácil fazer algo grande quanto algo pequeno. Por isso, encontre um sonho pelo qual valha a pena lutar, com recompensas dignas de seus esforços.

-Stephen Schwarzman no livro 'Como chegar lá'

"

"

Quer saber mais da entrevista de Schwarzman para o Investidor 3.0 e do Empiricus Books?

Confira o post completo: